Quais os serviços essenciais em um condomínio residencial?

Quem mora em condomínio residencial tende a valorizar a segurança e a praticidade no dia a dia. Segundo o Art. 1.348 do Código Civil, é dever do síndico manter a conservação e a guarda das partes comuns, além de zelar pela prestação de serviços que interessem aos condôminos. Assim, sua administração deve garantir a qualidade de vida, que é assegurada caso os serviços essenciais sejam respeitados. 

Ter disponível um quadro de funcionários dedicados às medidas de segurança é um dos primeiros passos. Neste post, vamos conhecer os principais serviços para manter em seu condomínio, garantindo as melhores condições de vida aos moradores. 

Controle de acesso 

Já falamos sobre isso por aqui (link controle de acesso). Investir em tecnologia, como biometria, para o controle de acesso é primordial para garantir a segurança dos condôminos. Essa medida garante que somente indivíduos autorizados entram e saiam, controlando o fluxo de pessoas. Também deve-se prestar atenção à portaria, uma vez que todos precisam se identificar para adentrar o condomínio residencial. Isso vale, sobretudo, para visitantes e prestadores de serviços. 

Segurança e monitoramento

Para além de tecnologias no controle de acesso, é fundamental investir em monitoramento nas áreas internas. Alguns exemplos são as câmeras em pontos estratégicos e um sistema de vigilância completo, formado por profissionais capacitados. As imagens devem ser acompanhadas 24 horas por dia, além de enviadas a uma central de monitoramento.

Limpeza das áreas comuns

Com a pandemia do novo coronavírus, esse hábito se tornou ainda mais importante. É necessário que os profissionais de limpeza higienizem as superfícies ao menos duas vezes ao dia. Assim, os riscos de contaminação por vírus, bactérias ou micro-organismos serão reduzidos, ajudando na manutenção do condomínio residencial.

Manutenção de equipamentos

Equipamentos como os elevadores devem passar por manutenção periódica. O avanço estrutural melhorou muito as condições do instrumento, mas ainda é possível que eventuais solavancos e paradas desniveladas comprometam a segurança dos moradores. Os cuidados preventivos, que incluem revisões mensais e vistorias completas anuais, evitam esses transtornos. 

Os reservatórios de água também precisam de acompanhamento. A ANVISA recomenda que a manutenção seja feita duas vezes ao ano, o que inclui higienizar e desinfetar a água.

Já extintores de incêndio precisam ser inspecionados a cada seis meses. As mangueiras, por outro lado, devem passar por testes a cada cinco anos.

Cuidados com instalações elétricas

Caso o condomínio residencial seja novo, a revisão das instalações elétricas pode ser feita no décimo ano. No entanto, o normal é realizar a vistoria a cada cinco anos, o que permite agir preventivamente para evitar acidentes. Além disso, o hábito ajuda a reduzir os custos com energia elétrica.

Controle de pragas

O controle de pragas, conhecido como dedetização, também é um serviço essencial no condomínio residencial. Deve ser realizado a cada 6 meses para reparar infestações de baratas, cupins, ratos e até mesmo morcegos! Sem contar nos mosquitos, como o Aedes aegypti, que causa a dengue.

Ainda segundo o Art. 1.348, o síndico deve garantir o funcionamento dos serviços condominiais, o que inclui limpeza, manutenção de equipamentos, estruturas e sistemas. Constatada a negligência do representante, ele responde civil e criminalmente por sua má administração.

É fundamental avisar os condôminos sempre que ações como a manutenção de elevadores e caixas d’água for realizada. Desse modo, todos podem se planejar previamente e não deixar crianças e pets transitando nas áreas comuns. 

Como garantir todos os serviços essenciais?

Pode ser que você não saiba, mas um síndico não precisa assumir todas essas responsabilidades por conta própria! O cotidiano corrido é um empecilho para tal, ainda mais quando se leva uma dupla jornada de trabalho. É para isso que serve a contratação de uma equipe especializada e treinada a fim de administrar o condomínio. 

Muitos serviços garantem até mesmo a prestação das contas sobre a entrada e saída de recursos. Assim, a terceirização pode ser o melhor caminho para dar aos seus moradores a qualidade de vida que eles merecem. Por outro lado, você fica livre para focar no que realmente importa, investindo em melhorias estruturais no condomínio residencial.

Quer saber mais? Então, confira aqui o que você pode fazer para otimizar a sua gestão. Leia também outros artigos no blog da Administradora SATS para identificar pontos de melhoria para o bom funcionamento do condomínio residencial. Até a próxima!